OCORRÊNCIA POLICIAL

03/11/2020 17:18

Suspeito de matar ator e seus pais em São Paulo vivia em sitio de piloto preso com 300 kg de droga em Rondônia

Uma casa no campo, na zona rural de Eldorado, a 447 km de Campo Grande era o endereço de Paulo Cupertino Matias, que matou o ator Rafael Miguel e os pais em junho do ano passado, até a última terça terça-feira (dia 27).

De acordo com reportagem do Domingo Espetacular, da TV Record, exibida na noite de ontem (dia primeiro), policiais da DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa)  de São Paulo vasculharam a cidade.

Com o nome de Manoel Machado da Silva, identidade que assumiu após o crime, em junho de 2019, ele buscou atendimento no posto de Saúde de Eldorado, ia a cada dez dias à barbearia, gostava de ir também à lotérica e, no mais, levava uma vida tranquila no sítio, trabalhando com o manejo do gado.

Duas fotografias exibidas na reportagem mostram Paulo com barba grande. “Uma excelente pessoa”, diz uma agricultora, ao comentar sobre o “seu Manoel”.

 Segundo o Domingo Espetacular, o sítio, em frente ao assentamento Floresta Branca, onde o foragido estava há 15 meses é do piloto Alfonso Helfenstein, que foi preso em 2008, no Estado de Rondônia,  com 300 quilos de maconha.

No dia 27, ele esteve no aeroporto e há suspeita que tenha dado fuga a Cupertino numa aeronave. Agora, acredita-se que o foragido tenha raspado a cabeça e a barba.

O uso de nome falso para se esconder foi descoberto com a identificação de RG feito em Jataizinho, no interior do Paraná.

Enquanto Paulo nasceu em São Paulo, no dia 24 de agosto de 1970. “Manoel” nasceu em Rio Brilhante, em 6 de novembro de 1970. Já o CPF (Cadastro de Pessoa Física) foi expedido em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

Rafael Miguel, 22 anos, e os pais João Alcisio e Miriam Selma foram assassinados a tiros no dia 9 de junho de 2019, em São Paulo. A família foi surpreendida por Cupertino ao chegar à casa da namorada do ator, filha do comerciante. O pai da jovem não aceitava o relacionamento.  Denúncias podem ser feitas por meio do telefone (011) 3311-3950.


Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo